10 motivos para treinar equipes de restaurantes

10 motivos para treinar equipes de restaurantes

Treinar equipes sempre foi uma pauta importante na gestão de qualquer negócio. Para os restaurantes, o treinamento envolve desde a produção até o atendimento final, ou entregas, no caso dos deliveries.

Qual a importância disso no seu restaurante? Treinar equipes é tão indispensável assim? Para entender melhor, confira os 10 motivos para treinar equipes de restaurantes e comece a considerar ou melhorar o treinamento do seu time.

1. Equipe bem integrada com o trabalho

O primeiro diferencial de uma equipe bem treinada é a integração entre os membros do time. Ao estarem preparados e conhecendo bem sua função e responsabilidades, entendem a importância do seu trabalho para o todo e tem um melhor desempenho coletivo.

2. Rapidez na resolução de problemas

Consequência de uma equipe integrada com o restante dos funcionários e com suas próprias atribuições, é a rapidez na resolução de eventuais problemas cotidianos. Com o treinamento, os funcionários estarão aptos a solucionar os problemas relacionados às suas atribuições e poderão auxiliar em outras áreas também.

3. Menor retrabalho e maior produtividade

Um fator muito importante a se considerar sobre treinar equipes é a redução do retrabalho, tão inconveniente. O retrabalho, por mais que às vezes seja pequeno, costuma gerar a repetição de tarefas e processos a serem refeitos, quebrando a fluidez do trabalho e diminuindo a produtividade da equipe.

Com os treinamentos, você reduz e até elimina esses retrabalhos, que na maioria das vezes são causados por erro humano ou falta de ferramentas como as de automação comercial.

4. Aumento das vendas

Treinar equipes pode ser uma ótima solução para o aumento das vendas. Afinal, um garçom é também um vendedor e se ele estiver preparado, pode fazer um atendimento estratégico para vender os pratos chave do cardápio ou sugerir outros pedidos aos clientes.

5. Mais credibilidade com os clientes

Já pensou ter um restaurante com excelência na comida, ambiente confortável e preço convidativo, mas, ao mesmo tempo, ter um atendimento que deixa a desejar? Sua credibilidade com os clientes será colocada em jogo.

Por isso, treinar equipes é tão importante em todas as etapas da operação do seu restaurante. O treinamento precisa incluir o atendimento se você deseja ter mais credibilidade com os clientes.

6. Redução do tempo de espera

Outro aspecto positivo de treinar equipes em restaurantes é a diminuição do tempo de espera. A conta é lógica: cozinha bem treinada produz com maior agilidade; atendentes, por sua vez, farão um serviço mais rápido e satisfatório desde a anotação do pedido até o fechamento da mesa.

Com tudo isso, o giro aumenta e o tempo de espera é reduzido, sem que haja confusão ou despreparo!

7. Redução do tempo de entrega no delivery

Seguindo a lógica do tempo de espera do salão, o delivery também é beneficiado com uma equipe bem treinada. O treinamento, aqui, deve se estender a equipe de motoboys para garantir eficiência na entrega, cumprindo o tempo estimado sem interferir na qualidade do produto que é transportado.

8. Menor desperdício e prejuízos

Um motivo interessante para treinar equipes em restaurantes é reduzir os desperdícios tão comuns nas cozinhas e que, a médio e longo prazo, geram prejuízos significativos. O treinamento das equipes que manipulam alimentos e aos responsáveis pelo estoque é essencial para evitar esse problema e fazer o melhor aproveitamento dos recursos.

9. Bom desempenho do seu sistema de automação

Hoje, um sistema de automação é indispensável aos restaurantes e para que ele seja melhor aproveitado, os funcionários responsáveis devem estar aptos a usarem as ferramentas. Seja para anotar os pedidos em um sistema de comandas eletrônicas ou fechar a mesa no caixa, retirar pedidos online, etc. O treinamento e a integração dos membros com as ferramentas de automação farão a diferença em seu desempenho.

10. Treinar equipes: mais lucro para os restaurantes

Como vimos, treinar equipes é algo que não pode passar despercebido para os food services. A prática vai interferir no nível de satisfação do público, no potencial de vendas, na organização e processos internos do negócio e, consequentemente, nos lucros!

Não deixe para amanhã e comece já a investir no treinamento da sua equipe. E o mais importante: dê o exemplo e saiba que esse é um trabalho contínuo, de diálogo e liderança ativa.

Se você gostou desse conteúdo ou tem alguma dúvida, deixe seu comentário. Ou, se quer saber mais sobre gestão e automação para o food service, entre em contato com o time de especialistas F-Rest.

Boas vendas!

Banner E-book F-Rest

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Dicas e guias gratuitos para o seu restaurante

Assine nossa newsletter e receba em seu e-mail nossas novidades, guias especiais e dicas úteis para o crescimento do seu Food Service.
Bitnami